Inspiração para Páscoa em novo pôster aquarelado

12 - Foto destaque nova

O tempo da Quaresma e da Páscoa é muito importante para nós, cristãos. É o período em que lembramos do sofrimento de Cristo, da sua entrega por nós e da sua vitória final através da ressurreição. Para mim, essa celebração traz uma forte mensagem de vida nova, transformação e esperança.

E foi pensando nisso que idealizei a arte do pôster “Renove-se“. Ter esperança e estar pronto para encarar as mudanças que acontecem na vida, assim como Jesus fez, é fundamental para a nossa felicidade e sanidade.

Quem não gostou muito foi o Miguel. Ele me perguntou sobre o significado da palavra e das flores e, quando ouviu minha explicação da Páscoa, ficou me olhando sem conseguir proferir nenhum dos seus comentários irreverentes. Deve ter pensando que eu estava muito da sem-graça e resolveu não me dar mais atenção. Impossível agradar a todos! Mas, de qualquer forma, já me redimi fazendo ovinhos coloridos e pegadas de coelho que foram levados para a decoração da escola! 🙂 🙂

E, como decidi disponibilizar essa arte para baixar, achei que também seria legal mostrar como ela foi feita. Ao final do artigo, você encontra os links para fazer o download.

Os Materiais

O papel utilizado foi o Moulin du Roy hot pressed da Canson. Os papéis de aquarela especificados como hot pressed são lisos, e eu escolhi esse tipo de papel por dois motivos: o fato do meu desenho ter uma arte que seria trabalhada com traços finos (se o papel tivesse textura, eu teria mais dificuldade para fazer as linhas) e por saber que iria digitalizar a pintura (o scanner consegue gerar imagens mais “limpas” quando o papel não apresenta granulações).

Como já sabia que iria usar aquarela e nanquim, preparei dois kits de trabalho: um para cada tipo de tinta.

12 - Materiais

Já falei nesse artigo que tenho pincéis e godê exclusivos para o nanquim porque esse material gruda e mancha. É só olhar para o as cavidades do godê à direita na foto acima: podem até parecer que estão com nanquim, mas, na verdade, estão manchadas com a tinta que secou e que não sai mais!

Os pincéis com cabo branco e azul claro também são exclusivos para o nanquim, pois são mais baratos. Quando termino de usá-los, lavo as cerdas em água corrente e com sabão neutro. É impressionante a quantidade de tinta que sai!

Também usei a caneta nanquim nesse trabalho para fazer os desenhos das flores e colorir o fundo em espaços muito pequenos.

E, nunca é demais lembrar, que é importante trabalhar com um nanquim à prova d’água para que a aquarela não dilua as áreas já pintadas. Uso a tinta da marca Trident que aguenta bem.

O Desenho

Esbocei a arte no meu sketchbook e comecei a desenhar direto na folha de aquarela. Inicialmente, fiz as medições no papel para centralizar a palavra “Renove-se” e para definir as margens. Mas, com relação ao fundo, não fiz nenhum planejamento detalhado porque eu queria que as flores ficassem bem soltas. Foi como montar um quebra-cabeça: ia preenchendo as áreas e depois olhava onde tinha um espaço sem elemento me incomodando para ir até lá e criar mais uma florzinha.

Depois do desenho pronto, apliquei fita crepe rente às margens para que o nanquim e a aquarela ficassem com um acabamento reto e limpo. Com essa proteção, você pode até pintar por cima da fita, mas quando esta for retirada, a margem fica perfeita!

12 - Detalhe fita crepe

Você gosta de arte ou aquarela? Então siga ACL pelo Facebook ou cadastre o seu e-mail para não perder nenhum artigo, pois estou sempre escrevendo sobre esse tema aqui no blog!

A pintura

Comecei a pintar as flores e, como planejava fazer em degradê, já deixei as três tintas preparadas no godê. Acabei optando por uma paleta com cores análogas, isto é, próximas no círculo cromático, e quentes. O contraste dessa pintura ocorre através do fundo preto.

Quando usamos o nanquim sem diluição e com o pincel bem carregado, temos a cobertura total do papel. Então, ao pintar as flores, nem me preocupei em respeitar os limites dos contornos, pois sabia que o preto iria cobrir tudo.

12 - Aquarela passando dos desenhos

Depois dessa etapa comecei a pintura com nanquim. Eu simplesmente adora usar essa tinta: ela é profunda, corre bem, seca rápido… Tem personalidade!

Abaixo estão alguns registros do desenvolvimento do trabalho.

12 - Montagem andamento pintura fundo

Repare que na última foto as letras foram traçadas com caneta nanquim antes do início da pintura a sua volta. Acho legal fazer isso quando quero garantir uma borda bem definida, pois tenho mais controle sobre a caneta do que sobre o pincel.

Depois de pintar todo o fundo, foi a vez de desenhar o interior das flores, suas pétalas, centros e traços. Para esse trabalho, usei novamente a caneta nanquim.

O resultado final foi esse:

12 - Aquarela finalizada

Se quiser baixar o PDF com o pôster que pode ser impresso no formato A3 e A4, é só clicar aqui.

Agora, se você quiser usar essa arte como um cartão, é só baixar esse arquivo aqui, que é um PDF com duas pinturas em tamanho pequeno. Depois da impressão, é só cortá-las.

Divisor arabesco verde

Espero que tenha gostado do pôster e que ele faça bonito na sua casa, escritório ou com uma mensagem sincera para sua amiga. Se imprimir, please, marque A Casa Laranja nas redes sociais ou envie fotos para falecom@acasalaranja.com.br.

Se você ficou com alguma dúvida ou curiosidade sobre o processo dessa pintura, é só deixar um comentário abaixo que eu terei o maior prazer em responder!

Que a Páscoa traga o espírito de transformação para você e para sua família.

Obrigada por chegar até aqui! Grande beijo,

Beth.

A parte chata…

Não custa lembrar que, ao baixar essa ou qualquer outra arte que eu tenha disponibilizado aqui no blog, você tem apenas o direito de uso pessoal sobre ela. Não estou concedendo qualquer direito autoral, de propriedade ou de uso comercial sobre o todo ou parte da obra.

Peço ainda que, se achar que alguma amiga pode gostar do meu trabalho, compartilhe sempre o blog ou o artigo e não o arquivo baixado.

Agradeço demais pela sua colaboração e compreensão!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline